- Publicidade -

Ibovespa encerra em alta e bate 119 mil pontos puxado por exterior e fortes resultados trimestrais; dólar reduz a R$ 5,36

O Ibovespa encerrou em alta nesta quarta-feira (5), puxado pelo bom desempenho no exterior ao passo em que investidores acompanham a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom).

No cenário internacional, as bolsas americanas fecharam em alta com exceção do Nasdaq, que recuou 0,37% a 13.582 pontos. O índice S&P 500 registrou leve alta de 0,07% a 4.167 pontos e Dow Jones avançou 0,29% a 34.230 pontos.

Ainda nos EUA, o Relatório de Emprego ADP revelou a criação de 742 mil vagas de trabalho no setor privado em abril, resultado inferior ao projetado por economistas na compilação da Refinitiv.

Já no radar interno, o noticiário político permaneceu sendo destaque no mercado, principalmente após o ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, depor na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. Segundo ele, o motivo de sua demissão está atrelado a vontade do governo em potencializar o uso da cloroquina no combate a Covid-19.

Além disso, o fim da comissão mista que avalia a Reforma Tributária foi divulgado hoje pelo presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), em decorrência do término do prazo regimental.

Sobre o mercado, o resultado no primeiro trimestre de 2021 da Gerdau (GGBR4) contabilizou um lucro líquido de R$ 2,471 bilhões, crescimento de 1.016% na comparação anual. Com isso, as ações da empresa dispararam 5,5%.

Já a respeito das instituições financeiras, o Bradesco relatou lucro de R$ 6,5 bilhões no primeiro trimestre deste ano, superando em 7,4% o valor divulgado referente ao mesmo período de 2020.

No acompanhamento dos indicadores, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou queda de 2,4% para a produção industrial em relação a março frente fevereiro. Essa é a segunda baixa consecutiva do indicador, que também ficou abaixo da expectativa de retração de 3,5% apontada pelo consenso Refinitiv.

Bolsa

O Ibovespa avançou 1,57%, a 119.564 pontos com volume financeiro negociado de R$ 30,72 bilhões.

Dólar

O dólar comercial caiu 1,21% a R$ 5,36.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas