- Publicidade -

Ibovespa encerra em queda acompanhando baixas nos EUA após notícia de aumento no imposto sobre ricos; dólar despenca a R$ 5,45

O Ibovespa encerrou em queda nesta quinta-feira (22), acompanhando as quedas de bolsas internacionais após vir a público a notícia de que o presidente americano, Joe Biden, irá propor quase o dobro da taxa de imposto sobre ganhos de capital para indivíduos ricos. Devido a isso, os índices S&P 500, Nasdaq e Dow Jones caíram entre 0,9 e 1,0%.

De acordo com fontes ouvidas pelo Bloomberg, o líder norte-americano elevará a taxa para 39,6% a aqueles que ganham US$ 1 milhão ou mais. A alteração, juntamente com uma sobretaxa existente sobre a renda de investimentos, fará com que as taxas de impostos federais para investidores possam chegar a 43,4%.

No cenário interno, o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Cúpula de Líderes sobre o Clima foi o destaque entre os investidores. A atenção ficou voltada a transmissão já que a repercussão das falas ganha cunho global na atuação política ambiental da gestão do governo.

Bolsonaro prometeu duplicar os recursos para a fiscalização ambiental, procurou destacar o Brasil na “vanguarda do enfrentamento do aquecimento global” e fez um apelo por contribuições internacionais, a na linha do que vem defendendo o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

De volta ao exterior, o Banco Central Europeu (BCE) resolveu manter a taxa de juros e não fez mudanças no programa de compra de ativos da região.

Bolsa

O Ibovespa registrou queda de 0,58%, a 119.371 pontos com volume financeiro negociado de R$ 29,86 bilhões.

Dólar

O dólar comercial caiu 1,73% a R$ 5,45.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas