- Publicidade -

Ibovespa encerra em queda puxado pelas ações da Petrobras após declarações de Bolsonaro; dólar reduz a R$ 5,38

O principal benchmark da Bolsa finaliza a curta semana pós-Carnaval com perdas de 0,84% enquanto mercado repercute falas do presidente

O Ibovespa encerrou em mais um dia de queda nesta sexta-feira (19), puxado pelas ações da Petrobras e pelo temores com um possível repique inflacionário nos Estados Unidos. O principal benchmark da Bolsa finaliza a curta semana pós-Carnaval com perdas de 0,84%.

A respeito da Petrobras, as ações da estatal desabaram 6,6% após o presidente da República, Jair Bolsonaro, ter declarado que a partir de 1º de março não valerão mais qualquer imposto federal incidindo sobre o óleo diesel. 

Bolsonaro, além de afirmar ser “fora da curva” e “excessivo” o novo reajustes de preços divulgados na véspera, prometeu que a decisão da empresa “terá consequência”.

No exterior, as bolsas encerraram entre altas e baixas depois de passarem boa parte da sessão no positivo. Esse balanço teve início após a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, afirmar que ainda é preciso estabelecer um generoso pacote de estímulos à economia do país para tentar reverter os danos causados pela pandemia da Covid-19.

Bolsa

O Ibovespa teve queda de 0,64%, a 118.430 pontos com volume financeiro negociado de R$ 34,97 bilhões.

Dólar

O dólar comercial reduziu 1,02% a R$ 5,38.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas