- Publicidade -

Governo de São Paulo avalia não prorrogar fase emergencial

O Governo de São Paulo tem avaliado a não prorrogação da fase emergencial, a mais restritiva, após os números de internações por Covid-19 no Estado apresentarem melhora. A atual fase emergencial ficara até o dia 11 de abril. Após esse dia o projeto é que São Paulo retorne a fase vermelha, menos restritiva, e em 26 de abril retorne a fase laranja, com a reabertura de lojas e restaurantes.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, o Estado ainda vive um momento bastante letal da crise, mas o Centro de Contingência do Coronavírus mostra que desde o dia 19 de março, o ritmo das novas internações está em queda. A média móvel vinha aumentado 1% ao dia desde 20 de fevereiro e foi estabilizado em 3,5% a partir de 3 de março.

O governo também aponta que só na capital, 1,5 milhão de pessoas deixaram de sair de casa a partir da fase vermelha. Os dados são baseados em informações das redes de trem, ônibus metrô e do trânsito da capital.



Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas