- Publicidade -

Mercado financeiro segue às escuras com novas promessas de Bolsonaro

A tentativa de remoção de Roberto Castello Branco da Petrobras trouxe insegurança ao mercado

Com uma insegurança generalizada devido à mudança no comando da Petrobras e a promessa de novas alterações, a relação entre o presidente Jair Bolsonaro e o mercado financeiro segue um pouco tensa. Segundo o Correio Braziliense, um nervosismo tomou conta dos operadores de grandes fundos de investimentos, que seguem totalmente no escuro sobre as novas mudanças prometidas pelo presidente. As últimas 24 horas foram usadas por eles para buscar informações sobre os próximos passos. 

Ciente do estresse no cenário econômico, o presidente segue em busca de pessoas do meio militar, devido à confiança e à segurança de que eles se reportarão diretamente a ele, atitude que Roberto Castello Branco não tinha. Bolsonaro prende-se a esse segmento quando pretende trocar pessoas em áreas sensíveis, pois um governo alicerçado aos militares dificilmente estará exposto a um processo de impeachment.

A avaliação do mercado é de que Bolsonaro fica desconfortável com os integrantes que não lhe dão satisfação sobre seus atos, ou os informa sobre algo que afetará a sua popularidade.

Segundo a publicação, Roberto Castello Branco trabalhava de modo distante do Planalto, sem grandes preocupações políticas, e esse comportamento não foi bem aceito por Bolsonaro.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas