- Publicidade -

Após anúncio de potencial fusão com B2W, ações das Lojas Americanas disparam

Ontem as Lojas Americanas encerraram o pregão com alta de 40%

O mercado reagiu bem à notícia da possível fusão da B2W (BTOW3) com as Lojas Americanas. Na última segunda-feira (22) as ações das Americanas dispararam: os papéis ordinários da companhia (LAME3) encerraram o pregão com alta de 40%, a R$ 26,39, enquanto os preferenciais (LAME4) ficaram a R$ 28,95, valorização de 19,88%.

Embora os ganhos tenham sido menos expressivos, os papéis da B2W também fecharam com valorização: uma alta de 1,15% nas ações, que foram negociadas a R$ 89,67.

A B2W e as Lojas Americanas informaram que irão criar comitês especiais independentes para avaliarem uma combinação de suas operações. A ideia é criar o Universo Americanas. As companhias acreditam que a combinação criará um “poderoso motor de fusão e aquisições”.

Na avaliação da XP Investimentos, a possível combinação de negócios reforça a ideia de que o Universo Americanas é totalmente comparável aos grandes players de e-commerce na lista da Bolsa, como a Via Varejo (VVAR3) e a Magazine Luiza (MGLU3). Diante disso, é esperado que o nível de desconto em múltiplo EV/GMV (valor da empresa sobre o volume de mercadorias) da ação comece a diminuir.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas