- Publicidade -

Após IPO cancelado, Viveo pretende captar R$ 800 milhões com debêntures

As debêntures não serão conversíveis em ações e o prazo de vencimento será de 72 meses.

A Viveo teve sua terceira emissão de debêntures aprovada por seu Conselho de Administração. O intuito é captar R$ 800 milhões através do lançamento de 800 mil títulos. A companhia afirma que os recursos serão direcionados ao reforço de capital de giro e alongamento de dívidas de curto prazo.

A emissão ocorre 60 dias após a empresa cancelar a precificação de sua oferta inicial (IPO, na sigla em inglês), devido às condições de mercado. A expectativa era para a movimentação de aproximadamente R$ 2 bilhões, sendo R$ 22,87 por papel (como centro da faixa indicativa de preços).

Referente às debêntures, os papéis serão simples e não conversíveis em ações, e também serão oferecidos com esforços restritos. De acordo com o MoneyTimes, o prazo de vencimento será de 72 meses.

O pagamento da remuneração será semestral, e a companhia pagará 100% do DI, e spread de 2,15% ao ano.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas