- Publicidade -

Cogna e Eleva confirmam acordo para troca de ativos

Ambas do ramo e educacional, a Cogna e a Eleva concluíram o acordo de troca de ativos após meses de negociações. De acordo com o jornal Valor Econômico, o anúncio da transação deverá ser feito até amanhã (23).

A Cogna ficará com o sistema de ensino da Eleva, que, por sua vez, vai ficar com os colégios da líder do setor de educação. Como as escolas teriam um valor superior, avaliadas em R$ 1 bilhão, ao do material didático, estimado em R$ 600 milhões, a Eleva deve completar a diferença dando uma fatia de ações à Cogna após sua abertura inicial de capital (IPO), que deve ser feita ainda no primeiro semestre 2021.

Os papéis da Eleva ficariam com a Vasta, braço da Cogna nos serviços educacionais de ensino básico, e não dariam direito ao voto por determinado período, a fim de evitar discussões sobre a governança.

A transação traz benefícios para as duas empresas. A Eleva quer aumentar seu tamanho e chegar mais robusta em seu IPO, no qual quer captar cerca de US$ 300 milhões.

Já a Cogna, que tem 52 escolas de marcas reconhecidas e com receita líquida somando R$ 480 milhões nos primeiros nove meses de 2020, quer direcionar seus esforços ao segmento de serviços educacionais para instituições de ensino, com venda de material didático, plataformas educacionais e gestão escolar.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas