- Publicidade -

Fundos Imobiliários: LGCP11 comunicou ao mercado a aquisição de 5 imóveis

Comece seu dia muito bem informado sobre o mercado de Fundos Imobiliários através do nosso acompanhamento diário.

IFIX apresentou ontem, terça-feira (01/12) uma desvalorização de -0,18%, fechando o dia aos 2.803 pontos. No acumulado do mês de dezembro e ano de 2020, a variação do índice é de -0,18% e -12,99%, respectivamente.

LGCP11 -> O fundo comunicou ao mercado a aquisição de 5 imóveis. Deles:

i) Fração ideal de 6,4% do Empreendimento Viana por R$ 13,5 milhões;

ii) Fração ideal de 5,5% do Empreendimento Contagem por R$ 11,8 milhões;

iii) Fração ideal de 5,5% do Empreendimento Goiânia por R$ 11,7 milhões;

iv) Fração ideal de 19,8% do Empreendimento Gaiolli por R$ 19,8 milhões;

v) Fração ideal de 22,1% do Empreendimento Rio Campo Grande por R$ 33,9 milhões.

TGAR11 -> O fundo aprovou a realização da sua 9ª Emissão de Novas Cotas com objetivo de captação de aproximadamente R$ 172 Milhões, considerando o montante adicional. Ressaltamos que se trata de uma Oferta Restrita (ICVM476) com Direitos de Preferência e Sobras concedidos aos cotistas. O Preço de subscrição será de R$ 128,00 por Cota, o fator de proporção será de 19,64% e a Data-base será no dia 04/12/20.

IFID11 -> O fundo que terá gestão passiva do Banco Inter divulgou o seu Prospecto Preliminar referente a sua  1ª Emissão de Novas Cotas com objetivo de captação de R$ 180 milhões, considerando o montante adicional. Ressaltamos que se trata de uma Oferta Pública (ICVM400) e o Preço de subscrição será de R$ 100,00 por cota

BRCO11 -> O fundo comunicou o encerramento da sua 4ª Emissão de Novas Cotas em que foram subscritas 4.424.780 novas cotas, totalizando o montante de R$ 500 milhões.

Além disso, anunciou via Fato Relevante que a partir do dia 02/12/20 serão convertidas as cotas e poderão ser negociadas no mercado secundário.

FAMB11B -> O fundo informou que locatária não realizou a devolução integral do imóvel, que estava prevista para acontecer no dia 30/11/20. Isso não ocorreu, pois o imóvel não estava nos padrões de devolução. Logo, a administradora está entrando em contato com o inquilino para resolver regularizar a situação.

ABCP11 -> A gestora informou uma proposta para dividir o ABCP11 em dois fundos. A ideia é que o ABCP11 tenha 60,55% de participação no shopping e o GRAN11 tenha 38,05% do ativo.

Quer aprender mais e ter acesso informações sobre o mercado imobiliário? Siga-nos no instagram @TioFiis!

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas