- Publicidade -

Investir em cannabis pode ser tão rentável quanto em Bitcoins

Ações de empresas que investem no setor já chegou a valorizar mais de 161.900%

O Bitcoin vem sendo considerado um dos investimentos mais rentáveis da década. A moeda que hoje é negociada na B3 já foi criminalizada e associada a diversas atividades ilegais, apesar disso, a criptomoeda nos últimos 4 anos saiu da faixa de R$ 1.700 para mais R$ 330 mil, alta de 19.411%, ou seja, quem comprou R$ 1 mil em Bitcoin há 4 anos, hoje tem mais de R$ 177 mil.

Um outro investimento que também já foi muito criminalizado, e ainda é em grande parte do globo, é a cannabis. Ela elevou seu patamar de droga ilícita para uma indústria séria e promissora, que segundo o Cointelegraph, promete ser tão rentável quanto o Bitcoin.

Com a sequência de mudanças na legislação, as empresas que atuam no setor de investimentos em cannabis viram ela chegar a valorizar mais de 161.900%. Então seguindo a mesma base de cálculo, um investidor que tivesse colocado R$ 1.000 há quatro anos atrás nos papéis de alguma destas empresas, hoje teria R$ 1.619.000.

No Brasil um dos especialistas no setor, João Piccioni, que recentemente criou uma carteira de ações da indústria de maconha na Empiricus, com o nome de MoneyRider, pontua que é preciso ficar atento as empresas que a cultivam de modo legal e que há três tipos de ações que podem deslanchar na bolsa em 2021.

Entre os tipos ele destaca as companhias que unem maconha e tecnologia, principalmente no que se refere a toda a cadeia de produção.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas