- Publicidade -

Café com a BP: Ibovespa opera em queda em meio a votação de impeachment de Trump e avanço da Covid-19

O Ibovespa opera em queda na manhã quarta-feira (13) em dia de votação do pedido de impeachment de Donald Trump nos Estados Unidos e às expectativas quanto a anúncios sobre estímulos americanos. Além disso, os investidores observam as definições quanto a campanha de vacinação no Brasil e aguardam por mais notícias antes de tomar riscos.

Hoje, os deputados dos Estados Unidos estão se preparando para votar um segundo processo de impeachment do presidente Trump, desta vez por incitação à insurreição após a invasão do Capitólio por seus apoiadores. Os democratas aprovaram ontem um pedido para que Trump fosse destituído do cargo por meio da invocação da 25ª emenda da Constituição, mas o movimento foi rechaçado pelo vice-presidente Mike Pence.

No cenário doméstico, o Instituto Butantan divulgou ontem que a CoronaVac, vacina desenvolvida em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, possui eficácia global de 50,38%, acima do exigido pela Anvisa. O índice indica a capacidade do imunizante de proteger em todos os tipos de casos, inclusive os que não precisaram de atendimento médico, diferente dos números apresentados na semana passada, que indicavam eficácia apenas contra casos leves e graves.

Os números da pandemia no país mostram que a Covid-19 tem ganhado força nos últimos dias. A média móvel de novos casos em 24 horas está em 54.784, aumento de 51% na comparação com 14 dias atrás, e a de mortes é de 993, alta de 49% na mesma base comparativa.

Na Europa, o noticiário está dominado pelo avanço da Covid-19. A chanceler Angela Merkel sugeriu a extensão do lockdown na Alemanha até abril, e o Reino Unido enfrenta um grave avanço da doença em seu território. Os governos estão tentando acelerar as campanhas de vacinação.

Às 10h29, horário de Brasília, o Ibovespa caía 0,41%, aos 123.407 pontos. O dólar subia 0,29%, batendo R$ 5,33.

Às 12h30, horário de Brasília, o Ibovespa tinha queda de 1,40%, aos 122.227 pontos. O dólar caía 0,29%, a R$ 5,31.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas