- Publicidade -

Servidor desvia dinheiro para investir na bolsa e perde

Foram feitas transferências de até R$ 50 mil das contas públicas.

O tesoureiro da cidade de Dom Pedro de Alcântara (RS), Simão Justo dos Santos, fez transferências de até R$ 50 mil das contas municipais para sua conta pessoal. A cidade possui 2.500 habitantes e um orçamento de R$ 18 milhões previstos para até o final do ano em curso.

As transferências foram feitas à conta do tesoureiro, pois ele estava investindo com dinheiro público na Bolsa de Valores e acabou perdendo parede do capital da gestão da cidade, bem como o seu próprio. Segundo o G1, Simão também utilizava a senha de outros colegas para realizar as transferências.

O tesoureiro alegou, à polícia, que pretendia usar cerca de R$ 8 milhões para recuperar as perdas no mercado de ações. Simão foi encontrado na cidade de Torres (RS), e não quis falar com o reportes da Globo. “Meu advogado está sabendo”, referente às acusações de desvio do dinheiro público, porém seu advogado não se pronunciou, sob a afirmativa de que o processo ocorre em sigilo.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas