- Publicidade -

Vacina da Moderna demonstra eficácia contra nova cepa da Covid-19

A Moderna Inc. anunciou, nesta segunda-feira (25), que sua vacina contra a Covid-19 demonstra proteger contra variantes emergentes do coronavírus em testes de laboratório, mas que, como precaução, vai começar a testar se uma injeção de reforço melhora as respostas imunológicas, incluindo uma nova vacina contra a cepa identificada inicialmente na África do Sul.

A empresa disse que sua vacina produziu agentes do sistema imunológico conhecidos como anticorpos neutralizantes contra variantes de vírus emergentes testados, incluindo cepas identificadas pela primeira vez no Reino Unido e na África do Sul.

As novas cepas parecem se espalhar mais facilmente de pessoa para pessoa, e há sinais de que a variante do Reino Unido é mais mortal do que as formas anteriores do vírus.

Segundo a Moderna, sua vacina induziu a produção de anticorpos contra a cepa identificada pela primeira vez no Reino Unido, conhecida como B.1.1.7, em níveis comparáveis às variantes anteriores. Ainda assim, os anticorpos diminuíram seis vezes contra a cepa identificada pela primeira vez na África do Sul, conhecida como B.1.351.
Mesmo com a diminuição, disse Moderna, a resposta de anticorpos induzida pela vacina contra a variante B.1.35 permaneceu acima dos níveis que se espera sejam protetores. A empresa disse que espera que sua vacina padrão de duas doses seja protetora contra as cepas emergentes até o momento. Com informações do The Wall Street Journal.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas