- Publicidade -

Biden pode proibir viagens à África do Sul para combater nova variante de Covid-19, dizem fontes

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai impor uma proibição para a maioria dos cidadãos não americanos entrando no país que estiveram recentemente na África do Sul a partir de sábado, o intuito é conter a propagação de uma nova variante do Covid-19, afirmaram autoridades de saúde pública dos EUA à Reuters.

Biden também está reiterando na segunda-feira uma proibição de entrada a quase todos os viajantes não americanos que estiveram no Brasil, Reino Unido, Irlanda e 26 países da Europa que permitem viagens através de fronteiras abertas, disseram as fontes, que pediram anonimato.

No governo de Donald Trump, ele ordenou em 18 de janeiro que as restrições ao Brasil e à Europa fossem suspensas na terça-feira, mas a proclamação de Biden rescindirá essa decisão.

Biden está adotando uma abordagem mais firma para combater a propagação do vírus em viagens depois que Trump rejeitou as ordens solicitadas pelas agências de saúde dos EUA.

Algumas autoridades de saúde estão preocupadas que as vacinas atuais possam não ser eficazes contra a variante da África do Sul, o que também aumenta a perspectiva de reinfecção.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas