- Publicidade -

Carrefour avança com tratativas para acordo de R$ 120 milhões em ações no caso João Alberto

O Carrefour informou que vem evoluindo nas tratativas junto às autoridades públicas e associações civis para a celebração de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no valor de R$ 120 milhões, para evitar ações no caso do homem negro morto em uma unidade da rede, em Porto Alegre.

De acordo com a nota divulgada pelo Carrefour na última quarta-feira (9), os R$ 120 milhões devem ser “desembolsados ao longo dos próximos anos”. O Ministério Público afirmou ao G1 que o acordo ainda não foi assinado.

Caso

Em novembro do ano passado, João Alberto Silveira Freitas de 40 anos, foi espancado até a morte por seguranças de uma unidade do Carrefour em Porto Alegra, no Rio Grande do Sul. O caso foi filmando e gerou uma repercussão no Brasil todo. Seis pessoas ainda respondem pelo crime na Justiça.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas