Conheça o Pix, novo sistema que promete revolucionar as transações

- Publicidade -

O Pix é a mais nova forma de realizar transações e, desde seu anúncio, promete revolucionar a relação entre os brasileiros e seus pagamentos. Ele foi criado pelo Banco Central (BC) com o objetivo de facilitar operações financeiras e tem a pretensão de substituir os TEDs e os DOCs.

O novo serviço do BC será uma maneira de transferir dinheiro de forma imediata, tanto entre pessoas físicas quanto entre jurídicas, e irá funcionar em contas já existentes em instituições financeiras. Com ele, as compras poderão ser realizadas totalmente pelo celular, sem utilizar cartões, dinheiro ou boletos. Além disso, órgãos governamentais também irão aderir à tecnologia.

Ele irá funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana e sem cobrar taxas para pessoas físicas. Dessa forma, as transações poderão ser efetuadas a qualquer hora, de forma gratuita e o pagamento irá cair em tempo real, pois a transferência será realizada em 10 segundos.

Assim, ele pode facilmente desbancar as operações de TED e DOC, que funcionam apenas em horário comercial e cobram taxas pelo serviço.

Para realizar as transações, serão utilizados links, QR Codes ou dados pessoais, cadastrados como “chaves Pix”. Elas serão a identificação do cliente no sistema e receberá CPFs, números de telefone, e-mail ou senhas com números e letras, denominadas EVP.

Porém, os clientes só poderão utilizar uma chave específica para uma única instituição. Ou seja, se o e-mail for cadastrado num banco, ele só poderá ser utilizado neste banco. Para se cadastrar em outras instituições, será preciso registrar outro dado como chave Pix.

O serviço estará disponível para todas as instituições financeiras registradas no Banco Central. Por isso, o cadastro será feito nas plataformas das próprias financeiras. Mais de 970 instituições já apresentaram interesse em aderir à nova tecnologia.

O período de cadastro será iniciado no dia 5 de outubro. Porém, diversos bancos já estão realizando pré-cadastros para agilizar o processo e o serviço será ativado oficialmente apenas em novembro.

Da mesma forma que outras alternativas de pagamento, o Pix terá opções de agendamento, comprovantes e serão registrados nos extratos da conta. 

Até agora, não há limites oficiais para valores utilizados no serviço, mas o Banco Central estabeleceu parâmetros e autorizou o estabelecimento de limitações pelas instituições financeiras. Essa medida tem o objetivo de diminuir fraudes ou movimentações suspeitas.

O Pix tem potencial de impactar diversos setores da economia. De imediato, o serviço iguala, pela primeira vez, as fintechs e os bancos tradicionais na competição por clientes. Além disso, pode ser uma grande pancada na indústria de cartões, já que eles não serão mais necessários.

- Publicidade -

Últimas Notícias

Collor é alvo de busca e apreensão em investigação da PF sobre licenças ambientais

A Polícia Federal cumpriu nesta quarta-feira (21) mandado de busca e apreensão em endereço ligado ao senador Fernando Collor (PROS-AL) em São...
- Publicidade -

Plenário do Senado aprova indicação e Kassio Nunes é o novo ministro do STF

O plenário do Senado aprovou por 57 votos a 10 a indicação de Kassio Nunes para o Supremo Tribunal Federal, com uma...

Votação da autonomia do BC é adiada para 3 de novembro

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), adiou para o dia 3 de novembro a votação do projeto de autonomia do Banco...

Contratação de temporários para o Natal deve ser a menor desde 2015

A oferta de vagas temporárias pelo varejo para atender às vendas de Natal neste ano deve ser a menor desde 2015, auge...

Notícias relacionadas

Contratação de temporários para o Natal deve ser a menor desde 2015

A oferta de vagas temporárias pelo varejo para atender às vendas de Natal neste ano deve ser a menor desde 2015, auge...

Pronampe terá terceira fase e pode ser adotado como programa permanente

O secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, afirmou que a terceira fase do Programa Nacional de Apoio às Microempresas...

Espanha atinge 1 milhão de casos confirmados de covid-19

A Espanha ultrapassou hoje a marca de 1 milhão de contaminações pela covid-19, sendo o primeiro país da Europa a atingir esse...

Médico brasileiro morre após participar de testes da vacina de Oxford

Foi noticiado nesta quarta-feira (21) pelo jornal O Globo, o falecimento de João Pedro Feitosa, voluntário brasileiro nos testes da vacina contra...
- Publicidade -