Inflação em São Paulo

IPC-Fipe sobe 0,46% em fevereiro e vem acima do esperado

O indice registrou maior alta em habitação e transporte

IPC-Fipe registra alta nos transportes  (Foto: Pixabay)
IPC-Fipe registra alta nos transportes (Foto: Pixabay)

O IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor), indicador da inflação na cidade de São Paulo, registrou um aumento de 0,46% em fevereiro, mantendo-se estável em relação à variação de janeiro e à terceira quadrissemana do mês passado. 

Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (4), pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Este resultado superou as expectativas do mercado, que previam altas entre 0,40% e 0,44%. No acumulado do primeiro bimestre, o IPC-Fipe apresentou uma inflação de 0,92%, enquanto nos últimos 12 meses até fevereiro, o índice avançou 3%, ultrapassando as projeções. 

IPC-Fipe de fevereiro tem maior alta em habitação e transporte

Entre os componentes do IPC-Fipe, Habitação e Transportes mostraram aumento de preços, enquanto as demais categorias apresentaram desaceleração, queda ou mudança para deflação.

Em fevereiro, os dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da cidade de São Paulo mostraram algumas variações significativas nos diferentes setores. Houve um aumento de 0,47% no setor de habitação, enquanto alimentação registrou um aumento de 1,04%.

Transportes também apresentou um aumento considerável, atingindo 0,86%. Por outro lado, despesas pessoais tiveram uma queda de -0,53%, enquanto vestuário registrou uma diminuição de -0,29%.

Saúde teve um aumento de 0,36%, e educação permaneceu estável em 0,00%. No geral, o Índice Geral de Preços aumentou em 0,46% neste período.