5º vez no ano

BC registra vazamento com exposição de dados de 20 mil chaves Pix

Não foram expostos dados sensíveis, como senhas ou saldos

BC
BC / Foto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O Banco Central (BC) comunicou novamente o vazamento de dados no Pix. Desta vez, foram expostos dados cadastrais de quase 20 mil chaves Pix sob responsabilidade da Instituição de Pagamento S.A. (IUGU) e da PAGCERTO Instituição de Pagamento.

Este é o quinto comunicado do BC sobre vazamentos de dados no Pix neste ano.

Não foram expostos dados sensíveis, como senhas ou saldos. As informações vazadas são de natureza cadastral, como CPF e número de conta, que não permitem a movimentação de recursos ou o acesso às contas.

Os incidentes ocorreram entre 21 e 27 de maio, no caso da Instituição de Pagamento S.A. (IUGU), e entre 23 e 24 de abril, no caso da PAGCERTO Instituição de Pagamento.

Conforme o comunicado do BC, foram tomadas as medidas necessárias para investigar o vazamento. A autoridade financeira afirma que serão aplicadas as medidas sancionatórias previstas na regulamentação em vigor.

Vazamentos no Pix

Este é o quinto incidente de vazamento de dados cadastrais de chaves Pix neste ano. Somente em abril, o BC reportou a exposição de informações de três instituições diferentes, afetando um total de mais de 130 mil chaves.

O caso mais recente envolveu o Banco do Estado do Pará S.A. (Banpará), no qual dados cadastrais de 3.020 chaves Pix foram expostos.

BC: PEC da autonomia financeira pode ser votada em breve

Plínio Valério (PSDB-AM), relator da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) 65, para a autonomia financeira e orçamentária do BC (Banco Central), disse que seu parecer poderá ser votado antes do recesso do Congresso no meio do ano.

“A autonomia do BC é necessária. Agora é uma questão política aqui no Senado, mas o relatório está pautado para esta quarta-feira, quando lerei [o parecer] e vamos colocar em votação com os membros da CCJ [Comissão de Constituição e Justiça]”, afirmou Valério, nesta segunda-feira (10). 

“Será uma mudança histórica, e a PEC de autoria do senador Vanderlan Cardoso irá equiparar o BC brasileiro aos bancos centrais das grandes economias mundiais”, continuou ele, em vídeo divulgado pela assessoria.