- Publicidade -

BP Explica: Fundos Imobiliários – Uma boa opção para quem deseja investir em imóveis

O brasileiro possui a cultura de investir em imóveis através da compra deles na forma física, como uma casa ou sala comercial. Os Fundos Imobiliários podem ser formas rápidas e rentáveis para aplicar nesse setor. 

Mas o que são Fundos Imobiliários?

Os Fundos de Investimentos Imobiliários (FIIS) são fundos que possuem o objetivo de investir em ativos imobiliários e são negociados através da Bolsa de Valores, assim como as ações. Possuem, em sua maioria, o número 11 ao final do código, como por exemplo: XPML11 e XPLG11. Ao adquirir uma ou mais cotas de um determinado fundo imobiliário, o investidor pode lucrar com a valorização do fundo e com o recebimento de dividendos, importante ressaltar que os dividendos são um tipo de provento isento de Imposto de Renda.

Tipos de FIIS

Fundos de tijolo (ou de renda): consiste em um fundo composto por imóveis físicos, que  podem ser lajes corporativas, galpões logísticos, shoppings, entre outros. 

Fundos de papel (ou de recebíveis): são fundos que atuam, em sua maioria, com recebíveis imobiliários, que são investimentos de renda fixa voltado ao setor imobiliário. Como por exemplo: CRI – Certificados de Recebíveis Imobiliários, LCI – Letras de Crédito Imobiliário e LH – Letras Hipotecárias.

Fundos de desenvolvimento imobiliário: este tipo de fundo tem como objetivo investir em projetos de imóveis ainda em fase de construção. 

Fundos de fundos de investimento: também chamados de FOFs, são fundos que investem em outros fundos, ou seja, a maior vantagem desses FOFs é a diversificação. 

Fundos híbridos: podem ser compostos por todos os segmentos de investimento do mercado imobiliário. 

Resumindo, os Fundos Imobiliários funcionam como uma boa opção para quem deseja investir em imóveis, porém de forma mais diversificada, menos burocrática e sem precisar aplicar valores altos, pois com cerca de R$ 100,00 já é possível começar a aplicar nessa modalidade. Contudo, antes de decidir investir em FIIS, é necessário estar ciente com relação aos riscos envolvidos, ter atenção com a equipe de gestão do fundo, taxas de administração e liquidez. 

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas