Abertura do mercado

Ibovespa abre em alta com dados de inflação; dólar cai

Inflação PCE nos EUA e IPCA-15 concentram atenções nesta sexta (26)

Ibovespa abre em alta
Ibovespa / Foto: Pexels

Ibovespa, principal índice no mercado acionário brasileiro, iniciou a sessão desta sexta-feira (26) em alta de 0,46%, aos 125.213 pontos, por volta das 10h20 (horário de Brasília).

dólar comercial inicia o pregão em sentido contrário, em queda de 0,64%, cotado a R$  5,12.

Os investidores estão reagindo a dados de inflação (IPCA-15) no Brasil, enquanto aguardam os números da inflação PCE nos Estados Unidos.

Ibovespa é movimentado por dados de inflação

O IPCA-15, prévia da inflação oficial do país, registrou uma desaceleração em abril, atingindo 0,21%, após uma variação de 0,36% em março. As projeções da LSEG apontavam para um aumento mensal de 0,3% e uma taxa anual de 2,6%.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, está apresentando uma palestra no evento “Cenário e Perspectivas para o Brasil”, organizado pelo Young Presidents’ Organization (YPO), em São Paulo.

A expectativa geral é de que o núcleo do índice de preços PCE aumente 0,3% no mês, mantendo-se estável em relação a fevereiro. Em termos anualizados, espera-se que a taxa atinja 2,6%, em comparação com 2,8% no mês anterior.

EUA

Nos mercados de Wall Street, os índices futuros estão em alta antes do lançamento do deflator do consumo de março (PCE), indicador de inflação preferido pelo Federal Reserve (Fed).

Cotação dos índices futuros dos EUA:

Dow Jones Futuro: +0,09%

S&P 500 Futuro: +0,73%

Nasdaq Futuro: +1,03%

Bolsas asiáticas

Nas bolsas asiáticas, a maioria fechou em alta, especialmente após o Banco do Japão manter sua taxa de juros básica em 0%-0,1%, conforme o esperado.

A taxa de inflação global de Tóquio para abril desacelerou para 1,8%, em comparação com os 2,6% de março, e a inflação subjacente, que exclui os preços dos alimentos frescos, caiu para 1,6%, abaixo das expectativas dos economistas consultados pela Reuters, que esperavam 2,2%.

Os dados de inflação de Tóquio são amplamente considerados um indicador importante das tendências nacionais.

Shanghai SE (China), +1,17%

Nikkei (Japão): +0,81%

Hang Seng Index (Hong Kong): +2,12%

Kospi (Coreia do Sul): +1,05%

ASX 200 (Austrália): -1,39%

Bolsas europeias

Na Europa, as bolsas operam em alta, recuperando o ímpeto após uma queda na sessão anterior.

As ações de tecnologia e construção estão liderando os ganhos, com altas de 1,6% e 1,48%, respectivamente, enquanto as ações de produtos químicos e seguros estão entre as poucas que estão em queda, ambas com menos de 1%.

FTSE 100 (Reino Unido): +0,50%

DAX (Alemanha): +0,91%

CAC 40 (França): +0,46%

FTSE MIB (Itália): +0,89%

STOXX 600: +0,61%

Radar corporativo que movimenta o Ibovespa

XP Inc. (XPBR31) está programando uma série de alterações em seu corpo executivo e conselho de administração. Essas mudanças devem ser implementadas já na próxima assembleia geral de acionistas (AGE) da companhia, marcada para o dia 24 de maio.

No primeiro trimestre de 2024 (1T24), a Cielo (CIEL3) reportou um lucro líquido recorrente de R$ 503,1 milhões, um aumento de 14% em comparação com o mesmo período de 2023 (1T23).