Abertura do Mercado

Ibovespa abre em alta com dados de inflação; dólar sobe

Em linha com Ibovespa, bolsas operam em alta após dados econômicos dos EUA e Brasil

Ibovespa oscila
Ibovespa oscila / (Foto: Freepik)

Ibovespa, principal índice do mercado acionário brasileiro, iniciou a sessão desta terça-feira (12) em ritmo de alta. Com repercussão aos dados de inflação no Brasil.

Por volta das 10h15 (horário de Brasília), o Ibovespa operava em alta de 0,26%, aos 126.450 pontos.

No mesmo sentido do Ibovespa, o dólar comercial, por sua vez, iniciou o dia com alta de 0,25%, a R$ 4,99.

Ibovespa é movimentado por dados econômicos 

O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), o indicador de inflação oficial do País, acelerou para 0,83% em fevereiro, após subir 0,42% em janeiro. No ano, o IPCA acumula alta de 1,25% e, nos últimos 12 meses, de 4,50%. Em fevereiro de 2023, a variação havia sido de 0,84%. Os dados ficaram acima do esperado, pois o consenso LSEG de analistas estimava inflação de 0,78% na comparação mensal e de 4,44% em 12 meses.

Enquanto isso, a Petrobras (PETR3; PETR4) segue no radar, com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendendo que recursos destinados a dividendos sejam transformados em investimentos. 

EUA

Em Wall Street, índices futuros dos EUA operam em alta, com investidores reagindo ao índice de preço ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) de fevereiro, que acelerou 0,4%, dentro do esperado.

Cotação dos índices futuros dos EUA:

Dow Jones Futuro: +0,04%

S&P 500 Futuro: +0,33%

Nasdaq Futuro: +0,56%

Bolsas asiáticas

As Bolsas asiáticas e do Pacífico encerraram em sua maioria em alta nesta terça-feira, à espera dos novos dados de inflação dos EUA, que podem ter impacto nos planos do Federal Reserve (Fed) em relação aos cortes de juros.

O índice Hang Seng liderou os ganhos na região asiática, registrando um aumento de 3,05% em Hong Kong, alcançando 17.093,50 pontos, impulsionado pelas ações de tecnologia.

Enquanto isso, o Nikkei, em Tóquio, permaneceu praticamente estável, com uma ligeira queda de 0,06%, atingindo 38.797,51 pontos, em meio a especulações contínuas de que o Banco do Japão (BoJ) está se preparando para iniciar uma política monetária menos acomodatícia.

Shanghai SE (China), -0,41%

Nikkei (Japão): -0,06%

Hang Seng Index (Hong Kong): +3,05%

Kospi (Coreia do Sul): +0,83%

ASX 200 (Austrália): +0,11%

Bolsas europeias

As Bolsas europeias, as operações seguem em alta, enquanto os investidores globais aguardam o último relatório de inflação dos EUA. Por outro lado, o crescimento salarial regular no Reino Unido atingiu 6,1% no período de novembro de 2023 a janeiro de 2024, conforme divulgado pelo Office for National Statistics na terça-feira. Analistas observam que esse dado é improvável de atrapalhar as expectativas de que o Banco da Inglaterra iniciará cortes nas taxas de juros em meados do ano.

FTSE 100 (Reino Unido): +1,04%

DAX (Alemanha): +0,28%

CAC 40 (França): +0,03%

FTSE MIB (Itália): +0,46%

STOXX 600: +0,40%