Abertura do mercado

Ibovespa abre em queda após PCE dos EUA; dólar sobe

Investidores repercutem inflação PCE nos EUA e dados da China

Ibovespa
Foto: Pexels / Ibovespa

Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores brasileira, a B3, iniciou o pregão desta sexta-feira (31) em queda, com agenda fraca e os investidores monitorando o dados do índice de preços PCE dos EUA.

Por volta das 10h15 (horário de Brasília) o marcador caia 0,04%, aos 122.687 pontos.

dólar comercial seguia o padrão oposto, com altas de 0,48%, cotado a R$ 5,22.

Ibovespa é movimentado por PCE nos EUA

Em um dia com agenda fraca de destaque e possivelmente uma liquidez reduzida, o índice está operando em baixa nesta sexta-feira (31), após o feriado de Corpus Christi, com os investidores analisando os dados do índice de preços PCE dos EUA.

O índice de preços de gastos com consumo (PCE) nos EUA registrou um aumento de 0,3% em comparação com o mês anterior e de 2,7% em relação ao ano anterior, alinhando-se com as projeções da LSEG para um avanço de 0,3% mês a mês e de 2,7% ano a ano.

EUA

Os índices futuros dos EUA estão em queda, ampliando as perdas do dia anterior, quando as ações de tecnologia foram pressionadas por uma previsão trimestral decepcionante da Salesforce.

Cotação dos índices futuros dos EUA:

Dow Jones Futuro: -0,08%

S&P 500 Futuro: -0,22%

Nasdaq Futuro: -0,36%

Bolsas asiáticas

Os mercados asiáticos encerraram o dia com resultados variados, enquanto os investidores analisavam uma série de dados econômicos da região.

No Japão, a produção industrial caiu inesperadamente 0,1% em abril em comparação ao mês anterior, contrariando a previsão de um aumento de 0,9% feita por uma pesquisa da Reuters.

Outro relatório revelou que o núcleo da inflação em Tóquio subiu 1,9% em maio, alinhando-se com as expectativas da Reuters. Na Coreia do Sul, a produção industrial aumentou 2,2% em abril, com ajuste sazonal, superando a expectativa de um aumento de 1,1%.

Shanghai SE (China), -0,16%

Nikkei (Japão): +1,14%

Hang Seng Index (Hong Kong): -0,83%

Kospi (Coreia do Sul): +0,04%

ASX 200 (Austrália): +0,96%

Bolsas europeias

Os mercados europeus operam com ligeira alta, ampliando os ganhos da sessão anterior, enquanto os investidores avaliam os dados de inflação da região, que subiram 2,6% em maio. Economistas consultados pela Reuters previam um aumento de 0,1 ponto percentual em relação aos 2,4% de abril.

FTSE 100 (Reino Unido): +0,27%

DAX (Alemanha): -0,07%

CAC 40 (França): -0,09%

FTSE MIB (Itália): +0,10%

STOXX 600: +0,03%

Radar corporativo que movimenta o Ibovespa

Grupo Dia anunciou, nesta sexta-feira (31), que fechou um acordo com a gestora MAM Asset Management para vender todos os supermercados do Brasil. A transação terá valor simbólico de € 100 e o Dia se comprometeu a injetar € 39 milhões para apoiar a recuperação judicial dos negócios brasileiros.

O Grupo Mateus anunciou, nesta sexta-feira (31), que pode injetar de R$ 400 a R$ 500 milhões no Novo Atacarejo para atingir as possíveis participações finais da operação. Os aportes em questão seriam divididos em três parcelas anuais, corrigidas pelo IPCA, para que o Grupo Mateus se torne o controlador da rede – com participação de 51% na sociedade.