- Publicidade -

IPO da Mater Dei, tudo que você precisa saber sobre a oferta da gigante hospitalar.

No início do mês de fevereiro a Mater Dei, empresa do ramo de hospitais privados, protocolou na CVM um pedido de IPO ou oferta publica de ações. A rede Mater Dei é a maior rede de hospitais privados de Minas Gerais, tendo 3 hospitais em Belo Horizonte, e está construindo um hospital, um empreendimento de cerca de R$500 milhões, em Salvador.

A IPO será dividida em duas ofertas: a primaria e a secundária. Na oferta primaria serão negociadas cerca de 68 milhões de ações e o arrecadamento destas vendas irá ser direcionado para o caixa da empresa, que visa utilizá-lo na aquisição de empresas menores e startups, bem como na construção de novos hospitais. Já na oferta secundária, os sócios vendedores irão negociar as suas participações na empresa e colocaram no bolso o valor das cerca de 12,5 milhões de ações da oferta secundária. No geral, a pretensão de captação é de R$2 bilhões.

O valor do papel irá ser anunciado no dia 12 de abril, mas a faixa de preço inicial já foi anunciada: variando de R$21,80, indo até R$26,20 e tendo um preço médio de R$24.

O início de negociação das ações da Mater Dei no Novo Mercado da B3 será no dia 12 de abril, quando a ação será negociada sob o ticker MATD3.

O IPO terá 5 coordenadores, sendo eles: BTG Pactual, JPMorgan, Itaú BBA, Bradesco BBI e Safra.

Últimas Notícias

- Publicidade -

Notícias relacionadas