Argentina declara estado de emergência hídrica

Regiões da Argentina estão sendo afetadas pela falta de chuva no Brasil.

Alberto Fernández, presidente da Argentina, declarou estado de emergência hídrica pelos próximos 180 dias na região da Bacia do Rio Paraná. Sete cidades foram afetadas, incluindo a capital Buenos Aires, o decreto foi publicado no Diário Oficial nesta segunda-feira (26).

A declaração faz com que o ministro-chefe da Casa Civil, Santiago Cafiero, tenha a responsabilidade de “delimitar as áreas afetadas pela emergência” e destinar os recursos necessários.

O decreto também direciona diferentes áreas do governo a adotarem medidas distintas para “mitigar as consequências da situação” hídrica enfrentada pela região.

O rio em questão, nasce no sul do Brasil e flui pela Argentina até as proximidades da costa de Buenos Aires. De acordo com o Poder 360, com a falta de chuva em território brasileiro, o nível da água no país vizinho está sendo fortemente afetado.