Fundo Samambaia, de Ronaldo Cezar Coelho, investe cerca de R$ 1,2 bi e amplia posição na BR Distribuidora

Operação envolveu a compra de 46 milhões de ações.

Com a oferta secundária da fatia remanescente da Petrobras de 37,5% na BR Distribuidora, o investidor Ronaldo Cezar Coelho aproveitou a oportunidade para ampliar sua posição na empresa. Por meio do por meio do Fundo Samambaia, ele adquiriu 46 milhões de papéis em uma transação no valor aproximado de R$ 1,2 bilhões.
 

Com a compra, Cezar Coelho passa a assumir 7,95% da companhia, ante aos 4% anteriores.
 
“A BR agora é uma corporação privada. Estou muito confiante de que vai ser uma grande corporação, vai ser uma grande empresa, mais do que uma empresa grande. Vai ser líder de importantes movimentos de consolidação no setor de energia e exemplo de ação social”, disse em entrevista ao Valor.
 
Ele ainda revelou que seu objetivo é atingir uma fatia de 10% na BR e que o investimento é de, no mínimo, dez anos.
 
“Apostei que a saída da Petrobras do capital da BR ia destravar valor. A BR está vinculada ao PIB e está com uma nova gestão, num movimento de consolidação de liderança”, comentou, referindo-se a Wilson Ferreira Jr, presidente da empresa.
 
Uma outra aposta é a pauta ambiental. O investidor pretende transformar a BR Distribuidora em referência de ESG (sigla em inglês que se refere às práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa). “Quero ser ativista nessa área ambiental. O Wilson [Ferreira Jr., presidente da distribuidora] e a administração da BR sabem o que fazer [nos negócios]. Vou me concentrar na área ambiental”, destacou.