Viveo reformula IPO e apresenta 1,6x oversubscribed

A Viveo pretende voltar ao mercado com uma oferta publica inicial (IPO sigla em ingles) com esforços restritos, com a finalidade de simplificar e agilizar o processo de acesso ao mercado de capitais. 

A empresa é distribuidora de medicamentos e produtos hospitalares as famílias Mafra e Bueno, tem aumentado seu EBITDA 24% ao ano organicamente e 34% quando se consideram as aquisições .

Segundo o Brazil Journal a oferta apresenta 1,6x oversubscribed.Somados, os investidores internacionais já cobrem dois terços da oferta.

Gestoras locais como Dynamo, Brasil Capital e Equitas, que apresentaram interesse no processo anteriormente, também confirmaram suas ordens.

A companhia havia tentado lançar seu IPO no mês de abril deste ano, porém cancelou por motivos de “deterioração das condições de mercado”. Desta vez, a faixa indicativa permanece a mesma e sinalizando que não está focada na maximização de preço.

 
A faixa vai de R$ 19,92 a R$ 25,81. A Viveo deve levantar R$ 700 milhões, com os acionistas vendendo outros R$ 800 milhões numa tranche secundária.