Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Dinheiro

Brasil receberá US$ 15 bilhões do FMI para compra de vacinas

Redação BP Moneyem 10 de julho de 2021 12:33

    Líderes do G20 enviaram neste sábado (10) uma solicitação para o Fundo Monetário Internacional (FMI) US$ 650 bilhões para ajudar os países mais pobres e emergentes a acelerarem a compra de vacinas contra a covid-18. A alocação deverá ser implementada até o fim de agosto, com a maior liberação de liquidez da história dos Direitos Especiais de Saque (DES), um ativo internacional emitido pelo órgão.

    Destes recursos, o Brasil receberá 2,32%, equivalentes a US$ 15,08 bilhões, que será somado às demais reservas internacionais do país. 

    Segundo o Valor, o DES é um ativo de reserva internacional gratuito e incondicional, respeitando os limites de cotas que cada país tem no FMI. Pode ser vendido ou usado para pagamento a outros bancos centrais, é vetado o uso para compras coisas por conta própria e os países podem trocar entre eles seus direitos de saque por dinheiro, com o FMI fazendo a mediação.

    Os líderes mundiais ainda pediram que a organização internacional apresentasse com urgência opções para a realização dessas trocas. Assim, países em situações econômicas mais estáveis poderão transferir dinheiro voluntariamente para as nações mais pobres através da alocação de DES.

    Relacionadas