Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Dinheiro

‘Vamos levar a Selic aonde precisar’, diz Campos Neto

Alexandre Brochado em 14 de setembro de 2021 10:03

    O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, disse durante um evento na manhã desta terça-feira (14) que a Selic será levada aonde for preciso. 

    “Vamos levar a Selic aonde precisar, mas não reagiremos sempre a dados de alta frequência”, declarou. 

    Campos Neto falou ainda que a inflação brasileira, no curto prazo, está bem alta e com expectativas crescendo. O presidente do BC também ressaltou que críticos dizem que a melhora fiscal decorre só da inflação, entretanto, ele defende que parte sim, mas outra parte não. 

    Na ocasião, o chefe do BC relatou que bancos centrais pelo mundo estavam com uma perspectiva otimista em relação à recuperação com menos inflação, diante de um processo inflacionário temporário, algo que não tem ocorrido de maneira efetiva. 

    Campos Neto citou também os Estados Unidos, destacando que imprevistos têm ocorrido em vários locais, e defendeu que no país norte-amerciano há uma inflação contratada atribuída aos preços de aluguéis. 

    A taxa de câmbio foi um dos assuntos do evento desta manhã,  tema o qual o presidente do BC alegou que a maior parte da desvalorização do real ocorreu no ano passado e expôs que há muito dólar que não voltou ao Brasil e está detido lá fora, mas segundo ele, pode retornar no futuro. 

    Relacionadas