Privacidade e cookies: Utilizamos cookies no nosso website para melhorar o desempenho e a sua experiencia como utilizados.Ao continuar a usar este site, você concorda com seu uso. Visite nossa Política de Cookies para saber mais.

Empresas

Empresas: BBI faz recomendação outperform para Viveo

Redação BP Moneyem 15 de setembro de 2021 10:25
  • O Bradesco BBI avaliou as ações da Viveo e estabeleceu a recomendação outperform e preço-alo de R$ 34,80;
  • A Vibra, ex-BR Distribuidora, esclareceu o questionamento da CVM sobre as estimativas divulgadas recentemente;
  • O Bradesco BBI avaliou que o mercado perdeu a referência sobre o que seria uma margem sustentável para a Ipiranga.

O noticiário corporativo desta quarta-feira (15) traz destaque para avaliação outperform (acima da média do mercado) nas ações da Viveo pelo Bradesco BBI. Além disso, a Vibra (ex-BR Distribuidora) prestou esclarecimento sobre os questionamentos da Comissão Mobiliária de Valores (CVM) em relação às estimativas divulgadas recentemente.
 
Viveo (VVEO3)

O Bradesco BBI avaliou as ações da Viveo e estabeleceu a recomendação outperform e preço-alo de R$ 34,80, configurando uma potencial valorização de 43% em relação ao fechamento de terça-feira (14).
 
Vibra (BRDT3)
A Vibra, ex-BR Distribuidora, esclareceu o questionamento da CVM sobre as estimativas divulgadas em comunicado ao mercado no dia 1º de setembro deste ano, no âmbito do Investidor Day.

Segundo a companhia, as expectativas se baseiam em estudo de consultoria independente, projetando um dos possíveis cenários em meio a mudanças macroeconômicas e discussões sobre temas referentes à transição energética.
 
Ultrapar (UGPA3)
O Bradesco BBI avaliou que o mercado perdeu a referência sobre o que seria uma margem sustentável para a Ipiranga, braço da Ultrapar.

A instituição declarou que após a divulgação de R$ 53 por metro cúbico da empresa no segundo trimestre deste ano, ante os R$ 90 do trimestre anterior, os investidores não sabem o que aguardar nos próximos resultados.
 
Bradespar (BRAP4)
A Bradespar anunciou que seu Conselho de Administração aprovou o aumento de capital da empresa em R$ 1,66 bilhão. A companhia declarou que a elevação de capital tem o objetivo ampliar a liquidez das ações e tornar os papéis mais atrativos para investidores.

 

Relacionadas